Ao continuar a sua navegação neste site, aceita a utilização de cookies ou outros traçadores para lhe fornecer estatísticas de visita. Mais informações

Aceitar

Manutenção do emprego e prevenção dos DME

Porque apesar dos progressos feitos pela sociedade, o trabalho nas empresas está a gerar cada vez mais problemas de saúde, a ErgoSanté projecta e fornece soluções ergonómicas para melhorar as condições de trabalho, trazendo inovação ao serviço do maior número de pessoas possível. 88% das doenças profissionais são Perturbações músculo-esqueléticas (MSD)ErgoSanté faz tudo o que está ao seu alcance para identificar e compreender o flagelo que afecta tanto os empregados como as empresas.

88%

de doenças profissionais
são MSDs*
(fonte Saúde Pública, 2020)

  30%

     de interrupções de trabalho são causadas
por uma MSD
(Fonte AMELI, 2020)

1o.

causa de doenças profissionais compensadas

(Fonte AMELI, 2020)

30%

de MSDs envolvem o ombro,
22% o cotovelo, 38% a mão
/punho/dedo
(Fonte AMELI, 2021)

4

parâmetros que favorecem
TMS: postura, força,
repetição, duração

(Fonte Ministério do Trabalho)

2X

mais MSDs reconhecidas para
mulheres do que para homens 

homens entre 2001 e 2019.
(Fonte ANACT)

Apesar da regulamentação favorável nos últimos 30 anos, a situação dos trabalhadores deficientes está a lutar para melhorar. A Lei da Deficiência de 1987 exige que as empresas com mais de 20 empregados empreguem 6% de trabalhadores deficientes. A integração de pessoas com deficiência no emprego continua a ser extremamente difícil.

12 M

de pessoas em França
vivem com uma deficiência

(Fonte INSEE, 2020)

         2,7 M

                         da população em idade activa
é reconhecida como deficiente,
ou 6,5

                         (Fonte: AGEFIPH, 2021)

80%

de deficiências declaradas são 

invisível

(Fonte CAF, 2018)

      14 %

                de pessoas com deficiência são 

               desempregados, 8% para o público em geral
(Fonte AGEFIPH, 2021)

22,8%

queixas ao Provedor de Justiça 

direitos são relacionados com a incapacidade ,

fonte principal fonte de discriminação

no local de trabalho local de trabalho

(Fonte 2018)

17%

de deficiências são causadas por
um acidente de trabalho ou uma doença profissional

(Fonte: AGEFIPH)

 



loja
loja
loja
loja

Descubra todos os nossos produtos

visite a nossa loja

ver o nosso catálogo

loja
loja
loja
loja